CBD e efeito Entourage

0 Comments

O efeito Entourage (1) foi proposto pela primeira vez em 1998, pelos professores Raphael Mechoulam e Simon Bem-Shabat. Um dos nomes mais conhecidos mundialmente na pesquisa de canabinóides, Ethan B. Russo, apresenta num dos seus trabalhos o que propõe o efeito entourage:

que uma variedade de moléculas naturalmente presentes na cannabis aumenta a actividade e eficácia terapêutica da mesma.

Esta teoria do efeito Entourage tem ganho, nos últimos anos, crescente apoio e validação
O Prof. Raphael Mechoulam, uma das referências mundiais pelos avanços na pesquisa e descoberta de canabinóides, é um dos responsáveis da teoria do efeito Entourage
científica.

Em Setembro de 2018,três entidades brasileiras publicaram uma revisão que compara a utilização e os efeitos de CBD isolado com óleo de CBD de largo espectro em epilepsia resistente à medicação.

Os números são elucidativos: os efeitos benéficos reportados pelos doentes são de 39% no produto isolado para 71% no de óleo CBD de largo espectro.

A dose média utilizada para esses efeitos benéficos é de 25.3mg/kg/dia no CBD isolado para 6mg/kg/dia , no óleo de largo espectro. Os efeitos secundários leves são reportados em 76% dos utilizadores do isolado mas apenas em 33% dos utilizadores do largo espectro .

Na perspectiva da utilização em oncologia, cientistas do Volcani Center (3) e outras entidades israelitas publicaram um trabalho em que assinalam a sinergia dos componentes da cannabis de extractos de largo espectro em cancro do cólon e pólipos adenomatosos com uma “citotoxicidade sinergística” alcançada através de vários mecanismos selectivos.

Também no mesmo Volcani Center, Namdar et al, publicam, em Agosto de 2019, um trabalho que vinca a importância dos ratios naturais e específicos entre terpenóides e cannabinóides como factor de eficácia aumentada na actividade citotóxica e da cannabis. Estes resultados ressaltam as vantagens da utilização de extractos de largo espectro obtidos incluindo a inflorescência da planta.

Em caso do cancro da mama, investigadores reforçam os benefícios do efeito Entourage no extrato com espectro alargado

A Ciência apoia, cada vez mais, a teoria da sinergia entre compostos da cannabis

Ainda no que respeita ao efeito Entourage do CBD no campo da oncologia, um estudo pré-clínico de cientistas da Universidade Complutense reforça a eficácia aumentada do extracto botânico em comparação com THC isolado em situações de cancro da mama.

Também aqui os pesquisadores reforçam a importância dos diversos mecanismos utilizados pelo conjunto dos componentes da cannabis versus uma substância isolada.

Assinalam também “efeito anti-proliferativo adicional” sem efeitos secundários na utilização conjunta de cannabis de largo espectro com Tamoxifeno, Lapatinib e Cisplatina, três substâncias anti-tumorais de uso comum e frequente em oncologia.